Sandálias para criança de um ano


A temporada de férias é uma época extremamente confortável para as crianças que estão aprendendo a dar os primeiros passos. Quando o tempo está bom, você pode passar muito tempo ao ar livre e explorar o espaço. Na hora de escolher o primeiro calçado de uma criança, seguimos muitas regras e verificamos cada detalhe para que o pezinho fique satisfeito.

Fazendo sapatos

No verão é preciso levar em conta que, como costumamos usar sandálias, raramente usamos meias. A pele delicada da criança intensifica então tudo com que entra em contato direto. Então, que sandálias para uma criança de um ano você deve escolher para que ela possa percorrer com liberdade e estabilidade as primeiras distâncias ao ar livre, sem bolhas e escoriações?

Vamos prestar atenção na qualidade do material com que são feitos os sapatos. Couro natural funciona melhor. Quanto mais fino e macio, melhor. Se as alças forem rígidas, grossas e inflexíveis, logo começarão a doer e irritar a perna do bebê. Vamos também dar uma olhada em quaisquer fechos de metal. Se eles não estiverem cobertos de qualquer forma, o contato direto com a pele pode prendê-la (por exemplo, ao prender sapatos). Além disso, tome cuidado com enfeites, lantejoulas, laços ou outros elementos adicionais presos aos sapatos. É importante que eles estejam no lugar certo do calçado, sem atrapalhar o pé.

Posição do pé

Os sapatos de verão para uma criança de um ano devem ser tão respiráveis ​​quanto possível, mas ao mesmo tempo estáveis. Se, além das sandálias, comprarmos calçados esportivos, preste atenção na presença de orifícios e telas que desempenham uma função de ventilação. Também é importante que a peça dorsal contígua ao calcanhar evite a deformação da marcha. O espaço adequado para os dedos, por sua vez, impedirá que eles sejam pressionados e limitará a liberdade de movimento durante o equilíbrio durante o jogo.

Vamos também dar uma olhada na sola, se é macia o suficiente e se dobra 1/3 de seu comprimento. Se for grosso, grosso e não suscetível ao trabalho dos pés, definitivamente limitará o conforto de uma criança andando. Lembre-se do peso dos sapatos - quanto mais leves forem as sandálias para aprender a andar, melhor.

Sapatos de verão para uma criança mais velha

Que sandálias para uma criança de dois anos os pais devem escolher? Embora aprender a andar seja a base e na hora de escolher os primeiros sapatos para uma criança prestamos atenção a muitos detalhes, para crianças um pouco maiores também compramos sapatos sólidos e saudáveis. O pé de uma criança ganha forma durante os primeiros sete anos de vida, e este é estrategicamente o momento mais importante para prevenir vários defeitos e problemas.

Ao comprar sandálias para uma criança de dois anos, vamos levar em consideração o formato dos pés. A altura do peito do pé e a largura do pé são fundamentais. Pode acontecer que um pé estreito e filigranado em uma sandália muito larga tenha muito espaço nas laterais e, em termos de comprimento, os sapatos acabarão sendo muito pequenos. É por isso que o corte é crucial. Cada marca possui diferentes dimensões do inserto. Vamos nos lembrar disso.

Calçado ortopédico

Evite sapatos excessivamente construídos e rígidos (ainda mais ortopédicos!), A menos que o médico os tenha recomendado. Basta que as sandálias infantis tenham costas suficientemente rígidas (mas não muito duras) e palmilha perfilada. Vejamos também as alças frontais para ver se seguram os dedos corretamente. Sandálias adequadamente selecionadas para uma criança de dois anos evitam que o pé deslize para a frente ou dobre para o lado.

Lembre-se de que a estabilização da marcha é principalmente a base para um movimento seguro e redução do risco de lesões (por exemplo, entorse do tornozelo). As crianças só adquirem precisão de movimentos e aprendem suas habilidades de equilíbrio, portanto, se o calçado prejudicar de alguma forma essas habilidades, a criança pode cair no chão com muito mais frequência. A mesma coisa acontece quando os sapatos não estão do tamanho correto. Muito apertados - eles restringem os movimentos e são uma fonte de desconforto. Por outro lado, os muito grandes distorcem a marcha, aumentam o arrastar de pés e os passos dados descuidadamente.

Desenvolvimento saudável dos pés da criança

Sandálias bem escolhidas para uma criança de um ano são um elo extremamente importante na construção de uma figura e atitude saudáveis ​​de nosso filho. As ligas são a chave aqui. Todas as deformidades da marcha impactam vários distúrbios e disfunções, cuja existência aprenderemos mais tarde, quando as enfrentarmos. Enquanto mantemos uma postura incorreta, afetamos a coluna e os joelhos. Não se trata apenas de pés estéticos. Cuidando da nossa marcha, cuidamos de todo o corpo e é um investimento de longo prazo.

Sapatos de criança novos ou usados ​​- o que escolher?

Isso deve ser enfatizado enfaticamente. Só compramos calçado novo com palmilha não utilizada e anteriormente não deformada. Os sapatos, embora ligeiramente dobrados, irão contribuir para a consolidação de padrões de movimento incorretos desde o início. A criança vai se acostumar rapidamente com esta posição dos pés e cederá a ela. Só novas sandálias para uma criança de um ano serão a melhor solução. Nesta idade, a criança está apenas começando a aventura com caminhadas independentes. Não permitamos que estes primeiros momentos tenham consequências negativas. Vamos cuidar dos pés dos pequeninos. Pés saudáveis ​​significam um corpo saudável.