Quando comprar os primeiros sapatos do seu filho?


Ele está cada vez mais disposto a se limitar a móveis e quer viajar longas distâncias? Os pais acham extremamente estimulante aprender a levar o bebê para passear.

A criança aprende uma nova habilidade do zero que lhe permitirá funcionar de forma mais independente no mundo. O pai observa de lado sem incomodar - e esta é a ajuda mais valiosa da parte dele. A criança dá pequenos passos para superar suas fraquezas e explorar o ambiente. Quando chegará a hora de caminhar? Quando é a hora de comprar sapatos de caminhada?

Aprendendo a andar - que sapatos escolher

Não se apresse em comprá-los. Somente quando a criança começa a se mover independentemente, ela pode tentar usar calçados adequados. Lembre-se que para os pezinhos, os primeiros sapatos são uma experiência completamente nova e desconhecida, por isso vamos nos certificar de não atrapalhar o processo natural de aprender a andar.

A criança explora o terreno com os pés, prestando atenção aos desníveis e texturas variadas. É uma gama muito inspiradora de diferentes impressões para ele. Portanto, o calçado não pode ser muito rígido e restringir os movimentos livres.

Os primeiros sapatos de bebê - em que você deve prestar atenção?

Em primeiro lugar, peso e desempenho. Sapatos muito pesados ​​cansam os pés pequenos. Isso tornará difícil para a criança se mover e se tornará uma fonte de associações negativas. E, no entanto, a habilidade recém-adquirida deve ser divertida!

Os sapatos de caminhada não devem ser rígidos. Parte superior e dorso muito duros, bem como uma sola grossa e pesada, prendem a perna da criança. Os primeiros meses aprendendo a andar são momentos de tropeçar, testar suas habilidades, aprender a se equilibrar e levantar rapidamente após uma queda. Nesse período, a criança dedica muita concentração e empenho para ir do ponto A ao ponto B. Superando suas fraquezas, ela se compromete em todo o processo educacional. O calçado deve ser o seu maior aliado nesta época.

Vejamos como os sapatos são feitos. Eles são flexíveis e dobram 1/3 de seu comprimento? É importante que tenham uma palmilha devidamente perfilada e uma sola macia que combine com o pé durante o seu trabalho natural desde os primeiros dias de uso. Vamos prestar atenção na composição do calçado infantil. Couro natural e palmilha respirável vão funcionar muito bem. Dependendo da época, vamos ajustar a forma e o tipo de isolamento possível. Vamos medir os pés do bebê com cuidado. Sapatos largos farão com que a criança caia repetidamente.

Caminhando por conta própria e os primeiros sapatos

Os primeiros sapatos devem estar no guarda-roupa da criança apenas quando ela começar a se mover com confiança e consciência. Tocar móveis ainda não é a hora de experimentar sandálias ou mocassins bonitos. Enquanto caminha, o pé está constantemente envolvido em um treinamento intenso. Que ela faça isso sem obstáculos, descalça.

Ao decidirmos pela compra dos primeiros sapatos, devemos levar em consideração o estágio em que nosso filho se encontra. Se ele marchar com mais confiança e sem apoio, podemos pensar em uma dupla de estreia. Vamos observar se a criança se move com os sapatos com segurança. Não jogue os pés para o lado, como se estivesse sentindo peso ou outro desconforto. Sapatos muito apertados deixam escoriações e sapatos muito largos contribuem para andar descuidado, tropeçar e arrastar os pés - eles também podem contribuir para lesões.

O processo natural de aprender a andar

Era uma vez que se acreditava que uma criança deveria ser ajudada quando estava aprendendo a se sentar e dar os primeiros passos. Andarilhos foram usados ​​e travesseiros foram apoiados. Práticas semelhantes foram utilizadas na seleção de calçados. O calçado ortopédico foi percebido como proteção contra deformações, enrijecendo o pé para que não dobre e ao mesmo tempo garantindo uma marcha segura. Enquanto isso, o pé precisa "treinar" por conta própria, e a parte superior muito alta e a sola rígida não ajudarão. A menos que o médico (em casos excepcionais!) Recomende tal solução, não pode comprar calçado para bebé sem motivo.

Ao analisar quando comprar calçados infantis, não podemos usar nenhuma fórmula pronta. Crianças de diferentes idades começam a engatinhar, engatinhar e depois sentar e andar. Até os 18 meses, uma criança pequena tem tempo para, com calma, no seu próprio ritmo, aprender a dar passos. Não vamos insistir com ele sobre isso. Comprar sapatos prematuramente não o ajudará. Paciência acaba sendo sua melhor conselheira. Vamos cuidar do bebê. Se entrar no mundo da independência, movendo-se sem a nossa ajuda, vamos procurar uma modelo e ir às compras!